quarta-feira, 21 de março de 2012


O Poema
é o outro
corpo
de todas
as perdas.


Manuela Reis)

Sem comentários:

Enviar um comentário