quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Retratos

Há retratos
antigos
que me atraem.
Olhares ternos,
coniventes, ou fixando-se
em frente,
isolados.

(Manuela Reis)

1 comentário:

  1. Na sua simplicidade, o teu poema acorda em nós memºorias do passado.

    ResponderEliminar