sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Homenagem

Eram jardins no meio da rua
e encostados às paredes das casas
Multidão de mãos erguidas e velas acesas
num grito mudo
Pela liberdade.

(Paris, 13 de novembro de 2015)


Manuela Reis

1 comentário:

  1. São esses jardins de mãos erguidas que nos permitem manter a esperança

    ResponderEliminar